CCBot/2.0 (http://commoncrawl.org/faq/)

Circuito MT

Publicidade

Back Editorias Geral Professores da UFMT definem 2ª se entram em greve

Professores da UFMT definem 2ª se entram em greve

Foto: Mary JurunaOs professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) votam na próxima segunda-feira (14), às 14h, em assembleia geral, se deflagram greve no dia 17 de maio.

Na última reunião das Instituições de Ensino Superior (IFES), dias 21 e 22 de abril, no Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN), em Brasília, das 35 instituições presentes, 27 informaram que também estão com indicativo de greve aprovado para o dia 17.

Outra reunião das IFEs será realizada neste sábado(12) e a expectativa é que a adesão aumente significativamente.

A categoria cobra do Governo Federal que cumpra acordo assinado em abril de 2011. O acordo garante reajuste salarial de 4%, incorporação da Gratificação Específica do Magistério Superior (Gemas) e reestruturação da Carreira Docente.

O prazo máximo para o cumprimento do acordo seria 31 de março. Mas essa data passou e nenhum dos pontos foi cumprido.

Os professores das federais também querem sensibilizar a opinião pública para a desvalorização dessa carreira que já teve status e respeito, mas há mais de 20 anos vem sendo negligenciada por todos os governos, por isso está no chão da pirâmide hierárquica do serviço público federal. O menor salário do docente federal hoje é R$ 557, 51, por 20 horas.

Conforme o presidente da ADUFMAT, professor Carlinhos Eilert, “o Governo está enrolando a categoria”.

Os professores da UFMT estão construindo uma pauta interna, com especificidades locais. Eles reivindicam melhorias do Restaurante Universitário (RU) e da Biblioteca Central. Pedem investimentos nos cursos de pós-graduação, especialização, mestrado e doutorado.

Criticam o modelo produtivista que contaminou a produção intelectual na UFMT, que está, muitas vezes, a serviço de empresas e não da sociedade. Critica também as terceirizações do trabalho na Universidade e as regras do estágio probatório aplicadas aos concursados.



Da Assessoria

Foto: Mary Juruna



Veja também:
  22/07/2014   Jovem com 'síndrome de puxar cabelos' usa YouTube como terapia
  21/07/2014   Casa Cor MT inova e realiza 10ª edição da mostra em shopping
  21/07/2014   Sejudh proíbe revista íntima nos visitantes das Unidades Penitenciárias em MT
  21/07/2014   Sem regulamentação, domésticas ainda aguardam novos direitos
  21/07/2014   Prefeitura anuncia obras de ampliação na Avenida dos Trabalhadores


Edições Impressa